25.maio.2011 | Renan Campos | Dicas

Viagens de longa distância

Quem não se lembra daquela época em que a passagem de avião não era tão barata e nas férias todo mundo colocava o carro na estrada e percorria distâncias que hoje em dia parecem absurdas? Se você ainda prefere viajar de carro ou quer experimentar fazer as chamadas Road trips pela primeira vez, aqui está uma lista com algumas dicas para Viagens de longa distância para você seguir antes, durante e depois da viagem.

Primeiramente, antes de colocar o pé na estrada, aquele clássico conselho: faça a revisão completa do seu carro. Em viagens longas, seu carro será bem mais exigido do que é na cidade e algum problema pode aparecer. Este é um investimento que compensará aqueles momentos de aflição que podem ocorrer caso você tenha algum problema mecânico. Por isso, inclua os gastos com a mecânica quando for planejar a sua viagem. Alguma coisa o mecânico poderá encontrar e, para não cancelar a sua jornada, pense no quanto pode ser gasto na oficina.

Precaução nunca é demais e mesmo que você faça revisão no carro, algum incidente pode ocorrer na estrada e o melhor é ter o telefone das empresas de pedágio. Leve também uma lanterna caso tenha que realizar algum conserto à noite.

Na hora de arrumar as malas, lembre-se de colocar em uma mochila ou bolsa itens essenciais, como escova de dente, remédios que toma normalmente, outra muda de roupa. É bem comum estarmos em uma cidade fria e logo depois percorrer lugares mais quentes;  para não ter que revirar a sua bagagem em busca de outra roupa, deixe a bolsa à mão para evitar uma enorme bagunça.

Leve lanches e água. Nem sempre encontramos postos de combustível no caminho ou então eles têm preços absurdos. O melhor é evitar alimentos gordurosos, pois eles causam enjoo; prefira frutas e barras de cereal. Evite tomar alguns remédios para enjoo, a maioria provoca sonolência e em uma viagem longa isso é um grande perigo.

Viagens de longa distância

jogos e acessórios para distrair as crianças durante as viagens

“Já chegamos? Falta quanto?” Os pais sabem muito que essa é uma frase que será ouvida mais de mil vezes em uma viagem de longa distância, por isso leve jogos e outros objetos para deixar as crianças distraídas. Para os adultos, nada melhor do que escutar uma boa trilha sonora enquanto aproveita a paisagem, mas cuidado com as músicas que escolher; uma pesquisa revelou que algumas canções incitam o motorista a correr mais ou tomar atitudes perigosas. Se você gosta de rock, tente não pisar fundo no acelerador enquanto curte suas músicas.

Faça uma parada a cada 3 horas. Ficar sentado por longas horas pode não ser incômodo durante a viagem, porém depois dela você vai sentir o corpo reclamar de ficar na mesma posição por um longo período. Durante as paradas tente se alongar, caminhar um pouco e descansar a vista.

Prefira viajar de manhã, pois este é o horário no qual o fluxo de carros na estrada é menor e o sol não vai interferir tanto em sua visão. Após o almoço, o organismo começa a entrar em um processo mais lento e o sono vem forte. Mesmo aqueles que não têm o costume de dormir após uma refeição, procurem descansar após o almoço e só viajem quando o marasmo do corpo passar.

Viagens de longa distância

Paradas no Acostamento – Por Pixabay – peugeot-208-car-mountain-view-807130/

As estradas brasileiras estão longe de ser bem conservadas, portanto, viajar de dia garante uma visibilidade maior e você poderá reparar em todos os buracos que poderão aparecer pela frente. À noite, as estradas mal sinalizadas são um perigo caso você não conheça muito bem o caminho. Dobre a atenção e tenha cuidado com o limite de velocidade.

Procure também sempre manter uma certa distância do veículo da frente. Já constatamos diversas experiências em que um ônibus/caminhão trafegando logo a frente, teve um dos pneus desprendidos e, se isso ocorrer com pouca distância entre os veículos, haverá acidente na certa.

Viagens de longa distância

Mantenha a distância dos outros veículos e foco total na estrada e nas sinalizações

Na volta para casa, faça mais uma revisão no carro. Caso não conheça nenhuma oficina de confiança na cidade, vá até um posto de combustível e verifique a calibragem dos pneus, o estado deles (veja se não há vazamento), o nível do óleo e da água do radiador e o fluído do freio. Se a distância percorrida foi muito grande ou você sentir que o volante está puxando para o lado, realize o balanceamento e alinhamento dos pneus.

Depois de seguir estas dicas, sua viagem dificilmente terá algum imprevisto desagradável. Se você tem histórias de longas viagens que realizou ou tem alguma dica para nossos leitores, escreva na nossa caixa de comentários!

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista vip para receber ofertas exclusivas com até 60% de Desconto!

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Nenhum comentário »

Nenhum comentário ainda sobre o post. Seja o primeiro a comentar.

Feed RSS dos comentários deste post

Deixe um comentário