29.jul.2011 | Rentcars.com | Dicas

Muscle Cars – Os carros mais potentes do mundo

Se você é um amante de carros como eu, com certeza já teve um sonho de consumo que diferenciava das tradicionais Ferraris e Lamborghinis. Ao assistir filmes como “Os Gatões”  (The Dukes of Hazard), sonhava em rasgar o asfalto com seu Dodge Charger laranja, um rock n’roll nos auto falantes e muito vento no rosto. Todo apaixonado por carro já sonhou em possuir um muscle car. Os possantes e clássicos.

Mas seria todo carro antigo um muscle car?

Na realidade, existem algumas especificações que caracterizam um carro desse gênero, e nós da Rentcars.com preparamos um post pra explicar tudo sobre este tipo de automóvel e seu universo, que é envolto em paixão e admiração.

O que é um Muscle Car?

Muscle car é um termo utilizado para classificar uma série de carros de alta performance. Para ser mais específico, qualquer carro esportivo com motor desenvolvido para alto desenvolvimento e tração traseira.

Na cultura popular, somente carros antigos entrariam nesta classificação, porém, ao analisar tecnicamente, qualquer carro que se enquadre nestas características pode ser considerado um muscle (é o exemplo do novo Camaro).

Mas por mais que a tecnologia se desenvolva sem freios e os carros praticamente trafeguem sem motoristas pelas ruas da cidade, todos nós sabemos que dificilmente as montadoras equipararão todo o charme e o poder dos muscle clássicos.

Vou preparar aqui uma lista que será um pouco diferente das tradicionais “Top 10”, porque afinal, é incrivelmente difícil fazer um ranking justo, já que todos os modelos da lista se destacam com suas particularidades e atributos. Portanto, vou colocar aqui “Os 10 primeiros lugares”, ou seja, os meus favoritos entre estas máquinas lendárias, sem necessariamente classificar um como melhor que o outro, pois eu provavelmente enfartaria de felicidade atrás do volante de qualquer um desses.

Plymouth Road Runner – 68

Construído pela divisão automotiva da Chrysler Corporation, a Plymouth Automobile, esta obra de arte da engenharia mecânica foi um projeto com planejamento completamente voltado para a alta performance, ou seja, quaisquer peças ou detalhes que não contribuíssem para o desempenho do veículo seriam descartados.

Uma curiosidade é que a companhia pagou cerca de U$50.000,00 à Warner Bross para a utilização do nome do personagem “Papa-Léguas” (em inglês: Road Runner) assim como U$10.000 para o desenvolvimento de uma buzina personalizada com o “beep-beep” (som característico, do personagem).

Muscle Car

O Plymouth Road Runner possui uma dos mais interessantes “brands” entre os Muscle Cars.

Especificações:

Produção: 1968 à 1970
Tipo de corpo: 2 portas coupé ; 2 portas hardtop; 2 portas conversível.
Plataforma: B-body
Motor: 383 cu in (6,3 L) V8 ; 426 cu in (7,0 L) Hemi V8; 440 cu in (7,2 L) V8
Transmissão: Automática de 3 velocidades; Manual de 4 velocidades
Distância entre eixos: 116,0 pol. (2946 milímetros)

Dodge Dart 4ª geração 67-76

Este clássico modelo surgiu inicialmente com a ideia da criação de um novo design de carroceria, porém, na apresentação do projeto, a lendária Dodge não se contentou com a simples troca de roupas e decidiu incrementar o modelo inteiro.

Este magnífico possante foi a febre de uma geração, símbolo de poder e um dos carros preferidos dos playboys.

Muscle Car

Dodge Dart 1970, o preferido dos playboys.

Especificações:

Produção: 1967 – 1976
Tipo de corpo: 4 portas sedan; 2 portas sedan; 2 portas hardtop; 2 portas conversível; 2 portas coupé
Plataforma: A-body
Motor: 170 cu in (2.8 L) Slant-6; 198 cu in (3.2 L) Slant-6; 225 cu in (3.7 L) Slant-6; 273 cu in (4.5 L) LA V8; 318 cu in (5.2 L) LA V8; 340 cu in (5.6 L) LA V8; 360 cu in (5.9 L) LA V8; 383 cu in (6.3 L) RB V8; 440 cu in (7.2 L) RB V8
Transmissão: Automática Torqueflite de 3 velocidades; Manual de 3 velocidades; Manual de 4 velocidades.
Distância entre eixos: 10 pol. (2,794 mm); Demon/Sport: 108 pol. (2,743 mm)

Mercury Cougar 1ª geração 1967 – 1970

As inspirações para a iniciação do projeto deste carro vieram do clássico Mustang.

Este carro é um dos mais elegantes da nossa lista, e a prova disso é que a sua “evolução”, ou a nova geração, teve sua base de projetos fundamentada no design, deixando a performance em segundo plano. Porém, os modelos até o ano de 68 não deviam nada a seu motorista no quesito potência.

Muscle Car

Mercury Cougar 69, um dos mais bonitos da lista.

Especificações:

Produção: 1967–1970
Tipo de corpo: 2 portas hardtop coupé; 2 portas conversível
Layout: FR Layout
Motor: 289 cu in (4.7 L) Windsor V8; 390 cu in (6.4 L) FE V8; 302 cu in (4.9 L) Windsor V8; 351 cu in (5.8 L) Windsor V8; 428 cu in (7.0 L) FE V8; 427 cu in (7.0 L) FE V8
Distância entre eixos:111 pol. (2819 mm)

Plymouth Barracuda 3ª geração 1970 – 1974 (ou Plymouth ‘Cuda)

A Plymouth sempre se destaca em qualquer lista. Se ela não for mencionada por sua excelência em montagem e produção, com certeza será por sua criatividade para nomear os modelos.

Não sei se sou influenciado mais do que devia pelo fato de ser publicitário, também não sei se me cegaram com a genial campanha por trás deste modelo, só sei que não consigo imaginar um carro mais agressivo que o Barracuda.

Mas sejamos sinceros… quem não se encanta com esse E-body?

Muscle Car

O agressivo Plymouth ‘Cuda 70 na pista de Pocono

Especificações:

Produção: 1970–1974
Tipo de corpo: 2 portas notchback coupé; 2 portas conversível.
Plataforma: E-body
Motor: 198 cu in (3.2 L) Slant-6 I6; 225 cu in (3.7 L) Slant-6 I6; 318 cu in (5.2 L) LA V8; 340 cu in (5.6 L) LA V8; 360 cu in (5.9 L) LA V8; 383 cu in (6.3 L) B V8; 426 cu in (7.0 L) Hemi V8; 440 cu in (7.2 L) RB V8

Chevrolet Camaro

Fiquei por um bom tempo pensado em qual geração, modelo e ano de fabricação seriam os melhores desta renomada série de carros da General Motors, e sinceramente não consegui.

Eu sou fã do Camaro e sempre fui, tanto das versões pony quanto dos muscle.

As 5 gerações desta série são impecáveis, e este é talvez um dos poucos que tenha conseguido manter todo o poder dos clássicos em seus novos modelos. A prova disso é que este carro foi protagonista do blockbuster “Transformers”, figurando como o personagem principal “Bumblebee”.

Muscle Car

Astro do cinema, o Chevrolet Camaro foi o carro escolhido para representar o protagonista “Bumblebee”.

Especificações:

Produção: 1966–2002; 2009 – Atualmente.
Classes: Pony; Muscle.
Tipo de corpo: 2 portas coupé; 2 portas conversível.
Plataforma: F-body; Zeta.

Ford Maverick Grabber 73

O inconfundível Maverick, assim como a sua montadora Ford, não poderiam ser deixados de fora, pois são símbolos e sinônimos de Muscle Cars.

Um dos meus tios costumava afirmar que “se os carros forem originais, ninguém alcança um Maverick”.

Em uma coisa ele estava certo: se o seu negócio é velocidade, o Maverick é seu carro.

Muscle Car

O Ford Maverick Grabber é um dos mais potentes.

Especificações:

Produção: 1970–1977 (América do Norte); 1973–1979 (Brasil).
Tipo de corpo: 2 portas sedan; 4 portas sedan; 4 portas wagon.
Layout: FR Layout.
Motor: 170 cu in (2.8 L Thriftpower Six I6; 200 cu in (3.3 L) Thriftpower Six I6; 250 cu in (4.1 L) Thriftpower Six I6; 302 cu in (4.9 L) V8.
Transmissão: Ford C4 nos automáticos.
Distância entre eixos: 103 pol. (2,600 mm) no coupé; 109.9 pol (2,790 mm) no sedan.

Ford Galaxie 4ª geração 1969 – 1974

Muitas pessoas que conheço adoram desmerecer o Galaxie.

Muitos dizem “Essa banheira só bebe gasolina!” e “Não corre nada por causa do peso”.

Isso me espanta profundamente. Para as pessoas que dizem isso eu só pergunto: “Amigo, você já dirigiu um Galaxie?”

É fato que este modelo, assim como qualquer muscle car, tem um consumo de gasolina elevado. E também é óbvio que devido ao seu peso ele terá sua performance levemente prejudicada. Mas amigão, você sinceramente acha que um carro com motor Windsor V8 vai lhe deixar na mão? Se você precisar correr mais do que um Galaxie lhe proporciona, vá para a Fórmula 1!

Além do mais, nada pode superar a sensação de trafegar com este imponente carro, com os vidros abaixados, e um rock clássico no rádio.

Muscle Car

O imponente Ford Galaxie é um dos mais poderosos.

Especificações:

Produção: 1969–1974
Tipo de corpo: 4 portas sedan; 2 portas hardtop; 4 portas hardtop; 5 portas wagon; 2 portas conversível.
Layout: FR Layout
Motor: 240 cu in (3.9 L) Thriftpower I6; 289 cu in (4.7 L) Windsor V8; 302 cu in (4.9 L) Windsor V8; 352 cu in (5.8 L) FE V8; 390 cu in (6.4 L) FE V8; 428 cu in (7.0 L) FE V8.
Distância entre eixos: 103 pol. (2,600 mm) no coupé; 109.9 pol (2,790 mm) no sedan

Dodge Charger

Um dos mais famosos da lista, este carro é provavelmente o favorito dos diretores de Hollywood. Sendo protagonista em diversas séries e filmes, o Dodge Charger é o queridinho das câmeras.

Entre seus papéis, o mais famoso é o inalcançável “General Lee”, Charger dirigido pelo ousado Bo’ Duke, um dos personagens principais da série “Os Gatões” (The Dukes of Hazzard).

Muscle Car

O famoso”General Lee”, um dos mais conhecidos Chargers 69

Especificações:

Produção: 1966–1978
Tipo de corpo: 2 portas coupé
Layout: FR Layout
Plataforma: B-body

Chevrolet Opala

Chegamos finalmente ao preferido dos brasileiros. O Opala foi um projeto de sucesso da General Motors Brasil, sendo uma adaptação do alemão Opel Rekord.

Mas seria o Opala realmente um muscle?

Muitos dizem que não. Aliás, o Opala é um carro que divide a opinião dos motoristas. Há tanto os que o amem, quanto há os que o odeiem.

O fato é que este é um dos cases de maior sucesso a serem produzidos no Brasil e, ao avaliar o motor de 4 ou 6 cilindros e o seu desempenho, podemos perceber que o Opala não seria deixado para trás com muita facilidade.

Também, justamente por ter sido projetado em nosso país, o Opala carrega consigo o famoso “jeitinho brasileiro”, e é um dos carros mais fáceis de otimizar, ou “dar uma mexidinha”.

Muscle Car

O brasileiro Chevrolet Opala é um dos carros de mais fácil otimização.

Especificações:

Produção: 1969–1992
Motor: 151 pol.³ 4 cilindros (2.5 L) – 98 hp (73 kW) Gross – (1974–1976); 151 pol.³ 4 cilindros (2.5 L) Ethanol – 98 hp (73 kW) Gross – (1980–1992); 151-S pol.³ 4 cilindros (2.5 L) – 80 hp (60 kW) Gross – (1974–1992); 153 pol.³ 4 cilindros (2.5 L) – 80 hp (60 kW) Gross – (1968–1973); 230  pol.³ 6 cilindros (3.8 L) – 125 hp (93 kW) Gross – (1968–1971); 250 pol.³ 6 cylinder (4.1 L) – 140 hp (100 kW) Gross – (1971–1975); 250 pol.³ 6 cilindros (4.1 L) – 148 hp (110 kW) Gross – (1975–1988); 250 pol.³ 6 cilindros Ethanol (4.1 L) – 155 hp (116 kW) Gross – (1984–1990); 250 pol.³ 6 cilindros (4.1 L) – 171 hp (128 kW) Gross – (1976–1988).
Transmição: Manual 3 velocidades; Manual 4 velocidades; Manual 5 velocidades; Automática 3 velocidades; Automática 4 velocidades.

AC Cobra

Como você pode perceber, os 2 últimos carros não foram fabricados nos Estados Unidos. Mas como poderíamos deixar de fora essas duas máquinas?

O AC Cobra foi produzido no Reino Unido, na década de 60, e é até hoje referência de potência e design.

Desenhado pelo renomado estadunidense Caroll Shelby, a sua carroceria Roadster faz inveja a qualquer modelo, de qualquer montadora.

Muscle Car

O belíssimo AC Cobra, desenhado pelo renomado Caroll Shelby

Especificações:

Produção: 1962–1967
Carroceria: Roadster 2 portas
Motor: V8 4,2L; V8 4,7L; V8 7L
Distância entre eixos: 3848mm

Agora você se pergunta. Estes são os melhores carros da categoria Muscle?

Esta é uma pergunta difícil de ser respondida, mesmo porque é uma questão de preferência. Na minha humilde opinião, sim são (alguns) dos melhores.

Mas e você? Qual é o seu Muscle Car favorito?

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

4 comentários »

  1. José Alfredo Rodrigues disse:
    23/04/2016 - 5:11 PM

    Sou um quase septuagenário (completo 70 anos em outubro de 2016), economista aposentado que, desde a época da faculdade, teve como hobby o auto estudo de ferramentas de programação utilizados pelo setor de informática. Nunca trabalhei diretamente na área. Ao me aposentar, depois de 42 nos de trabalho, resolvi fazer um curso de web design no Senac, unidade de Botafogo, Rio de Janeiro. Em seguida fiz um curso de HTML5 e CSS3, via internet, ministrado pelo professor Gustavo Guanabara (www.cursoemvideo.com).
    Como parte do estudo de HTML5 e CSS3, desenvolvi um pequeno site (duas páginas) sobre muscle cars. Utilizei, entre outros, este blog como base de pesquisa, por tê-lo considerado bastante completo. O site nunca foi e nunca será publicado, já que poderia ser considerado plágio.
    O objetivo deste é o de elogiá-los pela qualidade da apresentação. Parabéns a quem desenvolveu os textos, pela qualidade das fotos e o blog em si.
    Respeitosamente
    José Alfredo Rodrigues

  2. Rentcars.com disse:
    27/04/2016 - 5:55 PM

    Olá Sr. José Alfredo, como vai?

    Ficamos honrados em servir de inspiração para seus estudos e desenvolvimento de novos conhecimentos na área. Agradecemos muito os elogios e toda credibilidade.

    Conte conosco sempre que precisar.

    Equipe, Rentcars.com

  3. kennedy disse:
    16/07/2017 - 4:02 PM

    o maverick e o melhor na minha opniao gostei do seu trabalho ..parabens

  4. Rentcars.com disse:
    17/07/2017 - 6:30 PM

    Ficamos muito felizes que você tenha gostado, Kennedy!

    Equipe, Rentcars.com

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URL

Deixe um comentário