19.set.2011 | Rentcars.com | Dicas

Primeiros socorros

Esta é uma situação pela qual ninguém quer passar em uma estrada, mas e se num percurso você encontrar um carro acidentado? Quais providências você tomaria? Saiba como agir numa situação de acidente, siga as instruções para realizar os primeiros Socorros.

Há algum tempo, o governo obrigava todos a terem um kit de primeiros socorros no carro, porém, sem nenhum preparo, quem se atreveria a tentar socorrer alguém, com o risco de fazer ainda mais mal a esta pessoa? A lei logo caiu e hoje quase ninguém anda com este kit no veículo.

O intuito deste post é apenas repassar informações básicas para que você possa saber como agir em caso de acidente, seja com você ou com outra pessoa. Somente os profissionais capacitados podem prestar os cuidados essenciais e, até que a ajuda chegue, é vital seguir alguns passos para garantir a segurança de todos.

Antes de tudo, mantenha-se seguro. Se for numa rodovia, cuidado ao parar o carro e faça a sinalização corretamente, sempre atento ao fluxo de veículos. O mais indicado é que esta sinalização seja feita em um ponto em que ainda não é possível ver o acidente; assim, o motorista não precisará frear a poucos metros do local, colocando a vida de todos em risco.

Primeiros socorros

Nunca coloque o carro como sinalizador, deixando-o atravessado na pista. Parece absurdo dizer isto, entretanto às vezes tomamos atitudes impensadas.

Ligue para uma Unidade de Saúde Móvel (SAMU) ou para a concessionária responsável pela via. Provavelmente eles vão pedir informações sobre o número de acidentados e sua situação. Não se apavore caso não saiba dar as respostas, tente se acalmar e seja objetivo.

Primeiros socorros

Ao socorrer o acidentado, tente transmitir calma, explicando quem você é. Por mais que a situação seja grave, não passe o seu nervosismo para a pessoa. Caso você seja o acidentado, respire fundo e tente não pensar muito no que aconteceu, para não lhe deixar ainda mais confuso. Converse com os outros ocupantes do veículo para ver se estão todos conscientes.

Primeiros socorros

Não tente forçar a porta do veículo para tentar conversar com os ocupantes. Se alguém estiver preso nas ferragens, este movimento pode causar novos ferimentos. Informe sempre que o socorro já está a caminho para tranquilizá-los; como algumas pessoas ficam agressivas em momentos de tensão, tente ao máximo ser solidário. Mesmo que o motorista tenha sido o causador do acidente, agora não é hora de culpá-lo.

Verifique como está a respiração do motorista e procure saber se o cinto de segurança está prendendo a respiração de alguém; caso esteja, tire-o com todo cuidado; se não houver bloqueio respiratório, os ocupantes podem continuar com o cinto. Se não for possível ter contato mais próximo, olhe se o peito da pessoa está subindo e descendo.

Nunca tente fazer respiração boca a boca se esta for a sua primeira vez. Verifique também a cor da pele: se estiver muito pálida, pode ser um indicativo de estado de choque. Tente deixar as roupas das vítimas o mais folgadas possível e, se estiver frio, coloque um casaco para aquecê-los.

Primeiros socorros

Não movimente a cabeça dos acidentados sem precisão; peça a eles que continuem parados, sem realizar movimentos bruscos. Em alguns casos, você pode tentar a imobilização, segurando com as mãos a cabeça na região das orelhas. Este procedimento é mais indicado em situações em que a pessoa se encontra estendida fora do carro.

Se de repente a pessoa parar de responder às suas perguntas e chamados, ligue novamente ao SAMU e informe a nova situação; não tente acordá-la.

Quando há sangramento, a recomendação é para que a pessoa faça uma compressa no ferimento. Eu não acho este procedimento seguro, pois você pode se contaminar ou ainda piorar a situação fazendo um torniquete apertado demais. Porém, se estiver seguro da ação, pegue um pano limpo e coloque no ferimento com sangramento sem tirá-lo, para não atrapalhar a coagulação do sangue.

Com relação aos motoqueiros, nunca tire o capacete de sua cabeça: você pode deslocar a coluna de lugar. Outro erro grave é dar algum líquido; pode até acontecer de alguém afirmar que está com sede e precisa de água, mas nunca dê nada, por mais que a pessoa implore.

Monte o seu kit!

Como atualmente não precisamos mais levar o kit primeiros socorros, muita gente deixou de carregar alguns itens que podem ajudar nos cuidados imediatos. Em viagem tudo pode acontecer e falamos de uma situação crítica que é um acidente, entretanto podem acontecer pequenos imprevistos, como você cortar a mão ao manusear algum objeto ou seu filho se machucar ao cair.

primeiros-socorros

Kit de primeiros socorros

Para momentos assim, é sempre bom ter um kit para realizar curativos. Não é preciso exagerar e levar tudo o que você encontrar pela frente. Gazes, iodo e água oxigenada para limpar ferimentos, band-aid, antialérgico (item indispensável para quem tem alergia a alimentos), esparadrapo, atadura, analgésico e anti-inflamatório são objetos básicos aconselháveis para uma viagem.

E você, tem alguma dica para os nossos viajantes? Leva algum kit especial para viagem ou acha que isso não é algo necessário? Deixe a sua opinião na nossa caixa de comentários!

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Nenhum comentário »

Nenhum comentário ainda sobre o post. Seja o primeiro a comentar.

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URL

Deixe um comentário