28.set.2011 | Rita Cabral | Dicas

Como dirigir no trânsito de Vitória

Vitória já é exótica por ser uma das poucas ilhas capitais que temos em nosso país. O entorno da cidade é emoldurado pelas águas do Oceano Atlântico e pela Baía de Vitória. Em razão desta característica, a única forma de chegar à cidade é pelas três pontes que fazem a união entre a ilha e o continente.

Quem nunca visitou Vitória fica encantando com tamanha beleza. O local tem verde para todos os lados e o mar com morros de pedra formam uma paisagem mágica, principalmente à noite. Uma travessia pela Ponte Terceira tira o fôlego: através de toda sua extensão, é possível ter uma visão completa do skyline de Vitória.

como-dirigir-no-transito-de-vitoria

Panorâmica da Terceira Ponte – Por Newton Oliveira (Trabalho próprio pelo carregador) [CC BY-SA 4.0], undefined

Infelizmente, em Vitória o trânsito é caótico. Em horários de pico, os engarrafamentos são quilométricos e você precisa ter muita paciência para chegar ao seu destino.  Principalmente se estiver entrando na cidade, quando as pontes já não são suficientes para aguentar o número de veículos que circulam por elas e são formados verdadeiros gargalos em dias de feriado.

Na chegada a Vitória pela Ponte Terceira, você dá de cara com a Avenida Nossa Senhora dos Navegantes. Ela dá acesso ao centro e a uma parte das praias. Tente evitar cruzar esta via depois das cinco horas; o fluxo de carros é grande, podendo ocorrer de um agente de trânsito indicar quando os carros devem parar ou seguir. Se o trânsito dependesse somente dos semáforos, o caos seria ainda maior.

Saindo da Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, pegue a Marechal Mascarenhas de Moraes, também chamada de Avenida Beira Mar. Diferente de outras cidades que dão esse nome à via somente por ela passar próxima ao mar, em Vitória o asfalto fica a poucos metros do Oceano e da janela do seu carro você tem toda a vista dos morros verdes e dos lindos coqueiros que enfeitam a margem da baía.

Depois de percorrer uma boa extensão da Avenida Beira Mar, chegamos ao Centro Histórico. Vitória é a segunda capital mais antiga do Brasil e aqui você vai encontrar igrejas e monumentos relativos a cada época do nosso país. Do século XVI ao XX, as edificações vão se tornando mais robustas e enfeitadas à medida que você vai passeando pelo centro. Por você já estar na região, não deixe de conferir os belos chafarizes do Parque Moscoso.

O que não falta em Vitória são praias de areia branquinha e limpas. A minha dica é que você conheça a Praia de Camburi, a Praia do Canto e o bairro-Ilha do Frade. Volte pela Avenida Beira Mar e pegue novamente a Avenida Nossa Senhora dos Navegantes. Antes de entrar na Avenida Saturnino de Brito, faça a conversão para a Avenida Desembargador Alfredo Cabral.

Esta via dá acesso tanto à Ilha do Frade quanto à Praia do Canto. Na ilha você vai conhecer um bairro que mais parece um condomínio. Não tem como não se imaginar morando ali. As vias do bairro são tranquilas e bem sinalizadas e o paisagismo é muito bem trabalhado.

como-dirigir-no-transito-de-vitoria

Homenagem a Iemanja – Praia do Canto – Por Luciano Espirito Santo (Trabalho próprio pelo carregador) [CC BY-SA 4.0], undefined

Voltando à Avenida Saturnino de Brito, você pode retornar para a Avenida Nossa Senhora dos Navegantes e conhecer a Ilha do Boi, que é similar à do Frade. Para mudarmos um pouco nosso roteiro, é hora de conhecer a Praia de Camburi, a maior da capital capixaba. Voltando à Avenida Saturnino de Brito, cruze a ponte Caburí para entrar na Avenida Dante Michelini.

como-dirigir-no-transito-de-vitoria

Ilha do Boi – Por Webysther Nunes (Trabalho próprio pelo carregador) [CC BY-SA 4.0], undefined

A via é larga para três carros e, olhando para o lado, você vê diretamente a praia e as árvores que margeiam a avenida. A praia tem dois píeres e muita gente aproveita o mar calmo para pescar. Esta é uma região boa para os turistas se instalarem, devido à localização próxima a bons restaurantes e hotéis.

Fique Sabendo!

Para melhorar o trânsito, a prefeitura de Vitória instituiu regras para que o pedestre tenha vez ao atravessar a rua. Onde não existe semáforo, a preferência será sempre dele; não há nenhum sinal, como estender a mão para indicar a intenção do pedestre, por isso, caso veja alguém próximo à faixa, dê a preferência a ele.

No centro de Vitória há um sério problema de estacionamento. Para compensar, em toda a cidade o asfalto é bom, não há grandes falhas como em outras capitais.

Fique atento também para as multas: na capital do é comum receber uma multinha, principalmente por excesso de velocidade. Em muitas vias o limite é de 60km/h.

E você, o que achou de Vitória? Já esteve na cidade e tem mais dicas para nossos viajantes? Escreve na nossa caixa de comentários e deixe a sua mensagem!

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Nenhum comentário »

Nenhum comentário ainda sobre o post. Seja o primeiro a comentar.

Feed RSS dos comentários deste post

Deixe um comentário