22.maio.2012 | Silvia Cardoso | Roteiros na Europa

Roteiro França: Toulouse, Lyon e Paris

Que tal um roteiro de carro pela França? Hoje vamos passar por cidades francesas apaixonantes e falar sobre os principais pontos turísticos de Toulouse, Lyon e Paris!

 

O romantismo e o glamour das cidades francesas são inexplicáveis — poetas e escritores já divagaram sobre a sua magia — no entanto, a essência da França continua tangível somente para aqueles que a conhecem de perto. No roteiro França: Toulouse, Lyon e Paris, revisaremos o intrigante passado deste país e encontraremos cidades que são verdadeiras obras-primas. Como destino final a sempre iluminada Paris, começamos o nosso roteiro por Toulouse, uma enigmática vila rosada e, depois, seguimos para Lyon, uma cidade francesa com essência romana.

As luzes de Paris guiarão o nosso roteiro repleto de cultura e boa culinária. Na França, iremos reservar um carro para nos perdermos nos labirintos medievais destas cidades do velho continente.

Toulouse

Catedral Saint Etienne em Toulouse

Catedral Saint Etienne – Toulouse

Durante muitos anos desejada por italianos e espanhóis, a vila francesa Toulouse é hoje cobiçada pelos turistas. Embrenhar-se e perder-se pelas ruas estreitas da cidade não é algo que dê dor de cabeça a nenhum motorista, na verdade, é bem o oposto: quanto mais você anda pela cidade, mais descobre os seus mistérios.

Vamos começar nosso passeio em Toulouse na Place du Capitole, a projeção ao ar livre dos séculos 16 e 18. Os prédios, em tons rosados, são tão característicos na cidade que o apelido ville rose casou perfeitamente com a sua essência. A casa de ópera Théâtre du Capitole e o colorido e listrado Donjon du Capitole formam um muro de infinita beleza arquitetônica na praça.

Preste atenção no trânsito de Toulouse: as ruas vizinhas à praça são tão pequenas que somente um carro passa por elas. Por isso, sugerimos que estacione a uma ou duas ruas acima. Dessa forma, você poderá desfrutar de cada detalhe desta vila maravilhosa.

Pont Saint Pierre em Toulouse à noite

Pont Saint Pierre – Por Maxime Raphael – CC BY 2.0

Caminhando pela praça você sempre faz uma paradinha para ver algo diferente ou para experimentar a culinária francesa, servida nas barraquinhas ou nos restaurantes próximos. Após ter saciado a fome, seguimos em frente até a charmosa e bonitinha Place Thomas Wilson. As atrações principais são um chafariz, um carrossel, os prédios e as lojinhas. O local é mais um para se contemplar com tranquilidade, sem pressa.

Voltando ao nosso passeio em Toulouse, nosso rumo agora é ao norte, em direção a outra praça charmosa e badalada, a Place Saint Sernin, local da Basílica de St. Sernin e da Biblioteca Municipal. A basílica revela a influência romana na cidade e serve como um museu; as artes sacras e até objetos e sepulturas de santos estão guardados em seu interior.

Para o segundo dia de passeios, quase às margens do Rio Garonne, temos o Musée des Augustins, cheio de obras de importantes pintores regionais, a gótica Catedral St. Etienne, sempre bela com seus jardins e sua altura exagerada, além da Capela de Santa Ana. São três programas imperdíveis! Se ainda der tempo, você pode descer até o Jardin des Plantes, um parque público que também é um jardim botânico. À frente dele está o também incrível Jardines Royal e o Museu de História Natural de Toulouse.

Com a noite caindo, você pode escolher entre curtir o sossego da Place du Capitole, que fica bem interessante à noite, ou partir para as casas noturnas como o Opus Café, que só abre depois da meia-noite, e a Le 7 Discoteca, ambas próximas à Place Wilson. A diversão será garantida na noite de Toulouse!

Parada rápida em Narbonne

Antes de chegar à Lyon, que tal conhecer uma típica vila do sul da França? A nossa próxima parada é em Narbonne, a 157 km de Toulouse, uma cidade cheia de passeios interessantes e encantadores.

Entre os principais pontos turísticos de Narbonne, o que merecem maior destaque são a Abadia de Fontfroide, a Catedral de Narbonne, o Parque Natural Regional de Narbonne e o Palácio dos Arcebispos de Narbonne.

Flores de papoula perto de Narbonne

Flores de papoula perto de Narbonne – By Kieron Wood [CC BY-SA 4.0], from Wikimedia Commons

Lyon

Localizada entre as colinas francesas, Lyon é o reflexo de sua história. Fundada por um tenente de Júlio César, nas antigas construções de Lyon é possível perceber a influência romana e o desenvolvimento renascentista, que tomou força na cidade. De Narbonne a Lyon são mais 390 km a serem percorridos em menos de 4 horas de viagem.

Chegando lá, no bairro Vieux Lyon (Velha Lyon), vemos de forma bem clara as sutilezas e destreza da arquitetura renascentista. As ruas do bairro são pequenas e de paralelepípedo e o mais aconselhável é ir vendo tudo de carro. Nas praças, você encontrará cafés e várias boutiques, poderá desfrutar da alta gastronomia, considerada uma das melhores do mundo, que também se encontra por esta região, principalmente ao redor da Place de la Trinité.

Ruas do bairro Lyon Velha

Na Vieux Lyon, as ruas são como um labirinto para os motoristas. Foto: Alex Ranaldi/Flickr

Dirigir na Vieux Lyon é um pouco estranho para quem não está acostumado, as ruas não tem nenhuma demarcação e pode parecer que você está entrando em locais que não deveria, mas é assim mesmo, dirija devagar e vá com calma.

Depois de percorrer os labirintos de Vieux Lyon, você se depara com os 80 metros de altura da Catedral de Lyon, datada do século XII. Dizer que ela é linda é eufemismo. A pouco metros dali fica a histórica La Tour Rose, uma torre-passagem que liga um prédio a outro.

Faça o contorno pela Avenida Montee du Chemin Neuf para chegar a duas obras romanas que ainda se mantêm em pé: a Basilique de Fourvière e o Teatro Romano de Fourvière.

Seguimos o passeio por Lyon em direção ao centro da cidade até a Place des Terreaux, que lembra muito a Place Du Capitole de Toulouse. A belíssima fonte Fountaine Du Barthold e o Museu de Belas Artes de Lyon ficam neste mesmo quadrilátero. A poucos metros da praça está a Igreja de Saint-Nizier, uma construção do século V, eleita um dos cartões-postais de Lyon.

Ponte Ródano em Lyon com céu encoberto

Ponte Ródano – Lyon – Por Pedro J Pacheco [CC BY-SA 3.0], from Wikipedia Commons

Lyon tem programas noturnos para todos os estilos: quem gosta de obras clássicas pode ir até a Ópera Nacional, situada na Place dês Terreaux. Os mais agitados podem procurar o bairro de Presquile ou partir para o norte, em Croix-Rousse, antro do jazz.

Paris

A distância entre Lyon e Paris é 465 km, aproximadamente 4h30 de viagem. Assim que você chega à capital da França, seu olhar ficará perdido com a magnificência deste apaixonante local.

Torre Eiffel e o pôr do sol de Paris

Paris, bela e romântica em todos detalhes

Paris, a cidade luz, a cidade romântica, a cidade dos mil e um adjetivos. Paris é uma megalópole e, antes de entrarmos em seu coração, faremos uma parada no bairro Bercy, as margens do Rio Sena. Ele não tem a movimentação da região central, sendo um ótimo local para descansar, desfrutar de um bom vinho (caso não vá guiar) e seguir viagem.

Continuando o passeio, seguimos ao norte fazendo uma paradinha no Museu Nacional de História Natural e na Catedral de Notre Dame. Aproveite que você está na região e visite um dos mais surpreendentes palácios parisienses, o Palais du Luxembourg. Seu jardim tem até cadeiras de descanso para quem quiser contemplar tal beleza e é um dos passeios favoritos de turistas e parisienses.

Jardins e Palácio de Luxemburgo em Paris

No Palais Du Luxembourg também há atividades para as crianças, como o teatro de marionetes – Por Thomon [CC BY-SA 4.0], from Wikipedia Commons

Ainda temos muitas atrações para serem vistas e você pode encerrar a noite no bairro para depois seguirmos para a exuberante Place des Vosges. A praça, uma das mais antigas da capital, é rodeada por galerias de arte e pela casa do escritor Victor Hugo. A 5 km dali está a Ópera Garnier, com interior revestido em ouro, e a histórica Place de la Bastille, importante local para a Revolução Francesa.

Após bater perna pela praça, descanse um pouquinho no fantástico Jardim Du Palais Royal. A poucos metros do jardim fica a Pirâmide do Louvre e o Museu do Louvre, que não necessita de introduções.

Pirâmide em frente ao Museu do Louvre à noite

Reserve uma tarde inteira para conhecer o Museu do Louvre e as suas imediações

A Avenida Champs Elysées, que já viveu as agruras e alegrias de Paris, tem um trânsito um pouco congestionado. Como a cidade recebe turistas o ano todo, o fluxo é sempre intenso. O famosíssimo Arco do Triunfo se encontra nesta via, e ele não é apenas um monumento, há um museu militar em seu interior.

Champs Elysées e Arco do Triunfo à noite

Apesar do tráfego intenso, não deixe de transitar pela charmosa Champs Elysées

Já conhecemos um dos cartões postais de Paris, agora falta conhecer a obra mais emblemática da cidade: a Torre Eiffel. Passando pela Avenida Quai d’Orsay, o visitante já deslumbra uma pontinha da torre. O mais interessante é que o caminho é permeado por árvores floridas, num lindo cenário preparatório para a próxima atração. A subida é realizada por elevadores panorâmicos e cada andar da torre tem algo a oferecer: há telescópios, lojas de lembrança e objetos sobre a sua história. A visita é encerrada no último andar, com a opção de aproveitar uma taça de champagne enquanto celebra a majestosa vista de Paris.

E há maneira melhor de terminar um roteiro do que na Torre Eiffel? Como estamos falando de Paris, há sim. Depois de aproveitar os restaurantes da região e as atrações noturnas como Moulin Rouge, na Boulevard de Clichy, saímos da cidade rumo ao Palácio de Versalhes, a 20 km do centro de Paris.

O castelo é considerado um dos maiores do mundo! E por esta razão, merece um dia voltado somente para ele. Os jardins enfeitados com lagos e os antigos aposentos de reis e rainhas francesas são tão bem decorados que voltar para a vida de plebeu será um pouco complicado.

Como chegar

Toulouse até Narbonne: Pegue a direção sul e entre na Avenida de Lattre de Tassigny. Pegue a rampa de acesso a A61/Montpellier/Castres e depois entre na rodovia A620. Mais adiante continue pela A61. Permaneça na via seguindo as placas A9/E15/E80/Lyon/Montpellier/Beziers/Narbonne.

Narbonne até Lyon: Siga pela rodovia A9 até Orange, onde você deverá pegar a A7. Siga por ela e entre na saída à esquerda em direção a Lyon-Centre.

Lyon até Paris: Ao norte, pegue a Quai Docteur Gailleton e na rampa de acesso siga sentido Paris/Roanne. Entre na rodovia A6 e em Beaune, pegue a saída para a A6/E15 sentido Paris/Auxerre/Beaune-Saint Nicolas. Continue pela A6 e quando estiver na A6A, faça uma curva à esquerda, seguindo as placas Arcueil/Paris/Villejuif. Pegue a A6B e entre na Boulevard Périphérique, siga as placas sentido Paris-Centre/Porte de Bercy.

Veja como ficou o nosso roteiro!

 


E você, já visitou a França? Deixe o seu comentário e sugestões de lugares para visitar na região!

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista vip para receber ofertas exclusivas com até 60% de Desconto!

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

1 comentário »

Nenhum comentário ainda sobre o post. Seja o primeiro a comentar.

Feed RSS dos comentários deste post

Deixe um comentário