29.maio.2013 | Carolinne Moraes | Roteiros na região Sudeste do Brasil

As belezas de Paraty – Rio de Janeiro

Uma dica muito legal para quem está no Rio de Janeiro, ou vai viajar para a capital carioca, é aproveitar a oportunidade e fazer um passeio por um dos municípios mais charmosos do Brasil, Paraty-RJ. O lugar é de extrema beleza, possui inúmeras pousadas para você descansar, e claro, praias lindíssimas.

Conhecendo as belezas de Paraty

Panorâmica Paraty – Por Barbara Eckstein – Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)

Confira nossas dicas e caia na estrada:

Passo 1: Alugue o carro com antecedência, de preferência, com um GPS Agora, vamos para partir para viagem!

Saindo do Rio

Conhecendo as belezas de Paraty

Vista aérea do Rio de Janeiro

Saindo do Rio de Janeiro as opções são duas:

Rio-Santos até Paraty – 241 km, sem pedágios.

Dutra / Barra Mansa-Angra / Rio-Santos – 258 Km, com um pedágio (atualmente menos de R$11,00 no pedágio).

Em ambos os casos a viagem é bem curtinha, acontece que na segunda opção a estrada está mais bem conservada e na primeira, você tem como companhia a beleza da estrada Rio – Santos o tempo todo. Então a escolha fica por conta dos ocupantes do carro.

Chegando em Paraty

Conhecendo as belezas de Paraty

Paraty – Por Deni Williams – Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)

Paraty é assim, tranquila, bonita, bucólica… Um verdadeiro cenário colonial em meio a mata Atlântica. Paraty fica localizada numa região de preservação nacional, tanto pelas suas construções, como pela natureza riquíssima. A cidade surgiu em 1667 em torno da Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, sua padroeira. Teve dois períodos de extrema importância para a economia nacional, a época dos Engenhos de Cana e a época do Ouro, era por meio dos seus portos que muitos carregamentos de ouro vindos de Minas, partiram para Portugal.

No entanto, foi somente na década de 70 que Paraty se tornou um destino tradicional na lista viagens do brasileiro, assim como, para as pessoas que vem de fora nos visitar. Vejamos alguns dos passeios imperdíveis de Paraty:

Centro Histórico

Conhecendo as belezas de Paraty

Ruas históricas de Paraty – Por Nivaldo Arruda – Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)

Carros não podem passar pelas ruas do Centro Histórico de Paraty, a imposição foi feita para preservação do local, considerado pela UNESCO como “o conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso” do Brasil. Para visitar a parte histórica você pode acessar de carro as ruas que dão passagem ao centro, são elas: Patitiba, Domingos G. de Abreu, Aurora e Rua Fresca.

Na parte do Centro Histórico, além de encontrar um bom comércio e poder comprar recordações da cidade, poderá observar também os traços geométricos de algumas construções de época, legado da maçonaria. Há outros locais importantes como a Praça Presidente Pedreira, construída no Morro do Forte em 1703, com a finalidade de proteger a cidade dos Piratas. Há também um chafariz de 1851, na época, era a principal forma de abastecimento de água da cidade. Ainda no Morro do Forte, está a Casa da Pólvora, construída originalmente para armazenar o material bélico. Atualmente, a casa recebe exposições artísticas e históricas, além de contar com uma bela vista da Praia de Jabaquara.

A Casa da Cultura de Paraty é outro local que merece sua visita. Lá, estão expostos diversos documentos sobre a história de Paraty, detalhes sobre as construções e comércios, além, de uma exposição permanente para os visitantes que desejam saber mais sobre a história da região. A data da primeira construção da Casa é de 1754.

As Igrejas

Conhecendo as belezas de Paraty

Igreja Matriz (N.S. dos Remédios) – Por Leandro Neumann Ciuffo – Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)

As igrejas de Paraty são um espetáculo a parte. A Matriz é a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, edificada primeiramente em 1698, mais tarde reedificada em 1712 e por fim, alterada e entregue ao povo em 1873. A Matriz homenageia a Padroeira da cidade e se destaca entre as construções pelo seu estilo neoclássico e a grandiosidade. A Igreja de Santa Rita, no Largo de Santa Rita, é a mais bonita e mais antiga da cidade, datando de 1722. A próxima igreja na linha do tempo é a Igreja da Nossa Senhora do Rosário, com decoração bastante rica em detalhes, construída em 1725, na Rua do Comércio. Na Rua Fresca encontra-se a última igreja construída em Paraty. Erguida no ano de 1800, localiza-se em frente à Baía de Paraty, é a Igreja de Nossa Senhora das Dores.

As Praias

Conhecendo as belezas de Paraty

As praias de Paraty possuem águas limpas e calmas – Por Henrique Ferreira – Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)

Paraty tem praias bem conservadas e de natureza intacta. Algumas são mais acessíveis que outras, podendo chegar até elas somente de barco, mas todas elas, sem exceção, valem o passeio. No litoral Norte estão as Praias de Tarituba. Lá, encontra-se um pequeno centrinho onde você tem oportunidade de conhecer  e degustar a culinária e artesanatos locais. A região se divide em dois principais pontos, chamados de São Gonçalo e São Gonçalinho. A maior delas, São Gonçalo, mantém-se entre a agitação e a tranquilidade, além disso, tem passeios de barcos que levam à outras praias e também a Praia de Jabaquara, famosa pelas barraquinhas, bares e pela lama medicinal.

No litoral Sul, as opções também são muitas, como a Ilha do Algodão, maior Praia de Paraty, ideal para mergulho, contato com a Mata Atlântica e para provar os frutos do mar da região. Outra opção muito boa para mergulho é a Praia de Ilha Comprida, com seus costões rochosos e águas claras, facilitam observar a vasta vida marinha do local.

Paraty possui mais de 50 praias e também o Saco do Mamanguá, um braço do oceano que confere a Paraty, além de muita beleza, 33 praias habitadas por 8 comunidades caiçaras. Se tiver a oportunidade de conhecer algumas destas comunidades, aproveite e veja como é o dia a dia delas, é muito interessante.

Passeios radicais

Cachoeira do Mato Limpo – Por Diego Torres Silvestre – Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)

Cachoeira do Mato Limpo – Por Diego Torres Silvestre – Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)

Além de estar cercada por belas Praias, Paraty é um corte em meio a Mata Atlântica, sendo assim, possui diversos parques, reservas e muitas cachoeiras. Se estiver com um bom condicionamento físico, aproveite para fazer as trilhas da região, sendo algumas com até 6 horas de duração. Lembre-se sempre de desbravar essas maravilhas naturais, acompanhando de um guia, principalmente no caso das trilhas maiores. As dicas aqui são: Aproveite para nadar no Poço das Andorinhas, fazer o Caminho do Ouro e conhecer a cachoeira da Pedra Branca.

Paraty é tudo isso e muito mais. Separe ao menos 3 dias para conhecer a cidade e prepare-se para voltar, porque você certamente vai querer!

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista vip para receber ofertas exclusivas com até 60% de Desconto!

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

2 comentários »

  1. Sarah Gomes disse:
    04/08/2016 - 9:26 PM

    Lindo teu post, li um livro o barqueiro de Paraty e depois fiquei apaixonada por ela, já deu vontade de conhecer, parabéns!

  2. Rentcars.com disse:
    05/08/2016 - 9:51 AM

    Olá Sarah, bom dia!

    Ficamos contentes que tenha gostado do post! Paraty é realmente incrível e merece destaque entre os principais roteiros do Brasil. Vale a pena conferir de perto toda essa beleza. Continue participando sempre e deixando seus comentários. Essa troca de experiências é muito enriquecedora. Conte sempre conosco.

    Equipe, Rentcars.com

Feed RSS dos comentários deste post

Deixe um comentário