25.set.2013 | Rentcars.com | Roteiros

Roteiro turístico pelo Grand Canyon

Se você está programando uma viagem pelos Estados Unidos, que envolva a região sudeste do país, vale conferir as dicas que separamos hoje, aqui no Blog Rentcars.com. Então, anote as dicas e torne seu passeio ainda mais incrível com um belíssimo Turismo no Grand Canyon!

Roteiro turístico pelo Grand Canyon

panorâmica Grand Canyon com Neve

Provavelmente uma das principais cidades do seu roteiro é Las Vegas. Sendo assim, reserve um carro através do Rentcars.com. Ao contrário do que muitos pensam, o aluguel de carros no exterior, principalmente nos Estados Unidos, é consideravelmente barato e vale muito a pena. Além da relação custo beneficio já conhecida, as estradas por lá são muito bem conservadas e a vista é encantadora.

Agora que você já reservou o carro desejado, prepare-se para conferir como chegar no famoso Grand Canyon National Park. Essa beleza de paisagens áridas encontra-se no estado do Arizona e é o segundo parque mais visitado dos Estados Unidos. Calcula-se que aproximadamente 5 milhões de pessoas por ano viagem até os portões do Canyon para conferir uma das paisagens mais belas das Américas, com aproximadamente 450 Km de extensão, largura que varia de 15 e 29 km e mais de 1,6 km de profundidade.

Borda Sul (South Rim)

A Borda Sul é o limite mais visitado do parque. É nessa região que está a melhor infraestrutura turística, seja em termos de hotéis, gastronomia ou passeios. Para chegar à borda sul, sugerimos partir de cidades do Arizona, como Phoenix, a qual você deverá percorrer cerca de 4 horas de carro (cerca de 370 km), e Flagstaff, com 135 km de distância aproximada até o Parque, totalizando quase 2 horas de estrada.

Em relação à hospedagem as opções não são muitas, mas se preferir ficar dentro do Parque a sua única opção é o Grand Canyon Village. Caso não consiga efetivar a reserva por lá, outra opção pode ser a cidade mais próxima, Tusayan (cerca de 20 minutos de carro). Caso o objetivo seja redução de custos, encontrará preços mais em conta para hospedar-se na cidade de Williams (aproximadamente 1 hora de carro).

Para iniciar seu passeio é preciso adquirir o ingresso do parque que é vendido diretamente na entrada ou em Tusayan. O ticket em questão tem validade de 7 dias (independente do número de entradas e saídas realizadas) e custa 25 dólares por carro não comercial ou 12 dólares por pessoa.

Para conhecer o parque as opções são: percorrer os limites de carro ou deixar o veículo no estacionamento para fazer o percurso desejado, contando apenas com a ajuda do transporte do parque, que é gratuito. Mas atenção, o transporte do parque funciona até determinado horário, variável conforme a época do ano. Portanto, informe-se bem antes de escolher essa opção.

Quanto aos passeios: ande pela borda do canyon e tire muitas fotos. Ao todo são 12 mirantes que oferecem vistas de tirar o fôlego. Dentre os passeios mais incríveis estão Hopi e Powell Point. Aproveite também para visitar o Hopi Center, a Torre de Observação em Desert Point e os Museus de Geologia Yavapai e Tusayan.

Roteiro turístico pelo Grand Canyon

Os mirantes espalhados pelo parque tornam a experiência muito mais interessante.

Se você estiver com bastante tempo vá até Tusayan e agende alguns passeios com os guias e geólogos do centro de visitantes da National Geaographic, e se dinheiro não for o seu problema, aproveite para fazer um passeio de helicóptero pelo Corredor do Dragão. Custa em torno de 200 dólares.

Roteiro Turístico pelo Grand Canyon

Rio Colorado – Desfiladeiro

Muitas pessoas que estão em Las Vegas também elegem como principal trecho a visitar, a borda sul do Grand Canyon, mesmo esta não sendo a mais próxima. No entanto, as quase 5 horas de carro são recompensadas por uma estrada com paisagens belas em meio ao deserto. É curtição garantida!

Roteiro turístico pelo Grand Canyon

Represa Hoover Dam

A distância é de cerca de 450 km, mas como o caminho tem várias paradas quase que obrigatórias, esse tempo pode variar, e muito. A primeira surpresa deste trajeto é a mega construção da Represa Hoover Dam. São 200 metros de altura e mais de 350 metros de largura que mantém a cidade de Las Vegas abastecida através da retenção de águas do rio Colorado – faça uma visita guiada para ficar ainda melhor. Outra opção de parada neste roteiro são as Cavernas do Canyon na cidade de Peach Springs. Neste ponto do roteiro saem 2 visitas guiadas por hora, em direção a um cenário incrivelmente encantador.

Borda Oeste (West Rim)

Falando sobre começar o passeio tendo Las Vegas como ponto de partida, a melhor opção de visita é mesmo a Borda Oeste, distante aproximadamente 2 horas de Vegas (inclui um trecho de estrada de terra). Dá até para organizar um bate e volta, se você se animar a começar o dia bem cedinho.

Roteiro Turístico pelo Grand Canyon

Aeroporto Grand Canyon National Park

Para chegar até a Borda Oeste a melhor opção é ir por conta, de preferência com um carro alugado. É possível deixá-lo estacionado no Aeroporto do Grand Canyon, lá você pode pegar o transporte que te leva até os passeios. Como essa parte do Canyon não está dentro do Parque, mas sim de uma reserva indígena, os valores de entrada são outros. Os tickets variam entre 30 a 70 dólares por pessoa, mais taxas.

Roteiro turístico pelo Grand Canyon

Curva da Ferradura

É na Borda Oeste que se encontra o famoso Skywalker, uma passarela de vidro posicionada em cima do canyon. Sim, isso mesmo, é possível ver toda a beleza abaixo da passarela e “perceber” o canyon de uma maneira totalmente diferente. Não é permitido tirar fotos na passarela, mas imagens estarão disponíveis para venda, caso queira trazer uma lembrancinha dessa viagem épica. Além do passeio pelo canyon e a vista do skywalker, também é legal desfrutar do restaurante local e dos esportes radicais que podem ser praticados por lá.

Roteiro turístico pelo Grand Canyon

Mirante Skywalker

Borda Norte (North Rim)

Roteiro turístico pelo Grand Canyon

Grand Canyon durante a noite!

A Borda Norte é a menos visitada, até mesmo porque ela só é aberta para visitação da metade de maio a metade de outubro. Apesar das temperaturas nas outras áreas do canyon chegarem facilmente a 50º no verão, vale lembrar que estamos falando do deserto, que é frio pela noite. Nesse caso, não se esqueça de colocar peças de roupa mais quentes na mala. Outro ponto importante de ser lembrado é que a Borda Norte é mais alta, portanto, naturalmente mais fria que o restante do parque.

Para conhecer a Borda Norte o valor do ingresso é o mesmo da Borda Sul e funciona no mesmo esquema. A Borda Norte tem três mirantes e é muito indicada para os fãs de trilha, por aqui o cenário é um pouco diferente da vista árida dos dois canyons. Nesta parte do Grand Canyon National Park as áreas verdes são mais frequentes e mais fechadas.

Roteiro turísitco pelo Grand Canyon

Trilhas estruturadas guiam os mais aventureiros no passeio pelo Grand Canyon

E você… o que acha de uma aventura pelas lindas paisagens áridas do Arizona? Já incluiu o turismo no Grand Canyon National Park no seu roteiro de viagem pelos Estados Unidos?

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista vip para receber ofertas exclusivas com até 60% de Desconto!

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Nenhum comentário »

Nenhum comentário ainda sobre o post. Seja o primeiro a comentar.

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URL

Deixe um comentário