02.out.2013 | Rita Cabral | Roteiros na região Sul do Brasil

Rota Holandesa no interior do Paraná

Quer um passeio rápido e cheio de história? Prepare-se para conhecer o interior do Paraná e as suas colônias holandesas, que permanecem vivas em Carambeí, Castro e Arapoti!

 

Se você está procurando uma opção de passeio histórico e rico em cultura no sul do Brasil, uma boa dica, tanto para quem mora nessa região ou para quem vem a passeio, é alugar um carro em Curitiba e dar início ao passeio conhecido como Rota Holandesa no Paraná, um trajeto que consiste na visita de várias cidades do interior do estado. Carro alugado? Então vamos lá!

Moinho De Immigrant Memorial de Imigração Castrolanda

Moinho De Immigrant – Por Hardscarf [CC BY-SA 4.0], via Wikipedia Commons

Os Imigrantes holandeses começaram a desembarcar no Brasil em 1911 e muitos dos grupos de imigrantes acabaram por instalar-se na região sul do estado do Paraná. Estes imigrantes fixaram-se em cidades como Carambeí, Castrolanda e Arapoti e nelas desenvolveram a agropecuária como sua principal fonte de renda, vivendo de maneira organizada em suas pequenas cidades e colônias, cuidando da beleza do local, da mata e de suas tradições.

Carambeí

Carambeí, município que surgiu nos mapas somente em 1997, sendo anteriormente parte de Castro, é a terra da cooperativa de fundação holandesa Batavo, nome adquirido posteriormente ao surgimento da cooperativa de imigrantes, que viu na produção de leite uma oportunidade financeira para a região.

Em Carambeí, além de poder aprender um pouco mais sobre a cultura do cooperativismo, você tem várias outras opções. Vamos aos passeios! A Casa da Memória da Colonização de Carambeí oferece maquetes bem interessantes mostrando como era a vida dos primeiros imigrantes e suas atividades, bem como as características de construções da época – principalmente da igreja e da escola que durante o início do século XX foram muito importantes para a construção da identidade de Carambeí. Andando pelos demais ambientes da Casa da Memória é possível observar cômodos completamente mobiliados com artefatos dos primeiros holandeses, com muitos dos objetos doados pelos próprios moradores da cidade.

Recentemente também foi inaugurado o Parque Histórico em homenagem aos cem anos da imigração holandesa no Brasil. O parque conta com cerca de 100 mil m² e é um dos maiores museus a céu aberto do mundo. Por lá você pode conferir a réplica de um típico ambiente colonizado por holandeses: tem moinho, roda d’água, barracão de ordenha, casa principal, paióis, estação de trem e linha férrea.

Ainda em Carambeí passeie pela Avenida dos Pioneiros e visite a casa de um pioneiro holandês. Não deixe também de aproveitar as deliciosas tortas holandesas e demais doces que você encontra nas confeitarias, visite o Clube Social para um almoço e apresentação de danças típicas e experimente também a culinária que vai além da própria Holanda: as comidas típicas da Indonésia, país de colonização holandesa.

A distância entre Curitiba e Carambeí é de 138 km, pouco menos de duas horas de carro. O trajeto pela BR-277 tem duas praças de pedágio: uma em Balsa Nova (km 132)  e outra em Palmeira, já na BR-376 (km 537).

Castro e Castrolanda

Castrolanda é praticamente uma cidade dentro de Castro. A colônia destaca-se pelo modo de vida de seus habitantes, tudo extremamente organizado e com uma flora bem cuidada ao redor. Por aqui as casas são amplas, o lar de idosos é bem cuidado e a igreja continua a ser o ponto principal de referência.

Aqui as opções de passeio também transportam o turista para outras épocas. Em Castrolanda vale começar pela Casa Sinhara, um museu dedicado a retratar a vida das primeiras matriarcas que vieram para a região. De frente a este atrativo está a Igreja de Sant’ Ana, construída em 1810. Continuando o passeio está o Museu Casa do Imigrante Holandês, que retrata a vida dos imigrantes a partir de 1950.

Além dos passeios citados, outros três são imperdíveis, o primeiro deles o Museu do Tropeirismo, uma forma de homenagear e tornar conhecido o modo de vida destes trabalhadores tão importantes para o desenvolvimento das futuras cidades no caminho que era praticado para sair do sul e chegar ao estado de São Paulo. No museu é possível encontrar peças que faziam parte da bagagem dos tropeiros, bem como vestimentas e outros objetos. O segundo passeio é a Fazenda Capão Alto e seu conjunto arquitetônico erguido em 1870. A terceira, e mais famosa atração turística de Castro é o Moinho “O Imigrante” tem 37 metros de altura e 26 metros de uma pá a outra, sendo o maior da América Latina.

A distância entre Carambeí e Castro é bem curta, cerca de 23 km e apenas 22 minutos de viagem. A BR-151, por onde você vai passar, tem uma praça de pedágio na altura do km 304.

Arapoti

A Imigração holandesa para Arapoti intensificou-se a partir de 1960, época na qual surgiu a cooperativa local, atualmente parte da Batavo. A Cooperativa trouxe desenvolvimento para a região, transformando-a em polo agrícola e pecuário. Estas atividades de diversas formas impulsionaram o turismo local e um exemplo disso é a visita às fazendas produtoras de queijo, que geralmente abrem para o público aos domingos para fazer demonstrações do feitio do queijo com técnicas e receitas herdadas dos imigrantes holandeses.

A Casa da Cultura de Arapoti tem endereço na antiga estação ferroviária da cidade, sendo assim, seu conjunto expõe objetos variados usados em meados de 1915, principalmente relacionados aos negócios ferroviários.

Além destas atrações uma boa dica é render-se aos passeios ecológicos de Arapoti: a cidade tem vários córregos e paisagens naturais muito bonitas. Falando em render-se não deixe de experimentar os pratos tradicionais holandeses servidos em Arapoti.

A distância entre Castro e Arapoti é de 96 km, mais ou menos 1h22 de viagem. Este trajeto também é feito pela BR-151 e tem uma praça de pedágio em Jaguariaíva, na altura do km 233.

E assim termina o nosso roteiro pelas cidades holandesas no interior do Paraná. Veja no mapa abaixo todo o trajeto!

 

 

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista vip para receber ofertas exclusivas com até 60% de Desconto!

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

1 comentário »

Nenhum comentário ainda sobre o post. Seja o primeiro a comentar.

Feed RSS dos comentários deste post

Deixe um comentário