12.fev.2014 | Silvia Cardoso | Roteiros na Europa

De carro pela Itália: Costa Amalfitana, Sorrento, Nápoles e Capri

Quer viajar de carro pela costa italiana? Nosso roteiro completo de viagem passa pela Costa Amalfitana, Sorrento, Nápoles e Capri!

 

Já pensou em fazer uma viagem de carro pela Itália? A melhor parte de uma viagem de carro é a possibilidade de contemplar de um jeito único as belas paisagens encontradas pelo caminho. Esta sensação enriquecedora pode ficar ainda mais intensa se o plano de fundo for formado pelos cenários que montam a costa da Itália. Charmosas construções, mar de azul intenso e muita sofisticação fazem parte do roteiro.

A dica de hoje, portanto, é alugar um carro e se aventurar pelo litoral italiano. Nossa rota passa pela linda Costa Amalfitana, Sorrento, Nápoles e terminamos em Capri. Para quem gosta de praia e belas paisagens, o post de hoje está imperdível!

Costa Amalfitana

Ponte na Costa Amalfitana

A linda Costa Amalfitana é a nossa primeira parada neste roteiro pela costa italiana

Para darmos início à nossa viagem de carro pela Itália, seguiremos para Costa Amalfitana. A costa tem extensão de 60 quilômetros e abriga outras cidades, como Amalfi e Ravello.

A principal delas, dando nome e à costa e com século de existência, é a Amalfi, onde o turismo ligado à história e arquitetura tem força total. Além do cenário formado pelo azul do mar, a cidade conta ainda com outras grandes atrações, como a Catedral Duomo di Sant’Andrea, erguida ainda no século 9. A construção mescla elementos romanescos, bizantinos, barrocos e árabe-normandos, mistura que lhe confere uma aparência única, de beleza espetacular.

Outra grande atração é o claustro Chiostro del Paradi Paradiso, um cemitério do século 13, criado em estilo árabe para receber nobres e figuras ilustres que viviam na cidade nesta época. O Museu da Carta é também parada obrigatória por quem passa por Amalfi e quer conhecer seus atrativos turísticos. Na estrutura onde hoje funciona o museu fucionava uma fábrica de papel durante a Idade Média – seu acervo reconta todos os dias a história da fabricação do material. Entre as praias da cidade, destaque para Praia Grande e Praia do Duoglio.

Em Positano, o turista se rende aos encantos de suas casinhas construídas ao longo do morro íngreme, responsáveis por formar o contraste perfeito com as águas azuis de suas praias, dentre as quais as mais famosas são a Praia Grande e a Praia Fornillo. A cidade faz a a alegria dos aventureiros, que podem explorar diferentes trilhas que ligam os vilarejos dos arredores da Costa.

Para encerrar os dias de visita à Costa, Ravello é uma ótima opção. Em um dia, seus belos jardins podem ser conhecidos de perto, assim como suas vilas históricas. O lugar é ótimo para quem quer fugir da movimentação dos turistas, já que a tranquilidade reina por lá.

Independentemente da cidade escolhida para passar a noite ou o dia, uma coisa é certa: a Costa Amalfitana tem infraestrutura completa, com boas opções de hospedagem, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais capazes de deixar a estadia de qualquer turista ainda mais agradável.

Sorrento

Casa antiga em Sorrento

Sorrento, nossa parada depois da igualmente linda Costa Amalfitana

A distância entre a Costa Amalfitana e Sorrento é de pouco mais de 30 km, aproximadamente 1h10 de viagem. Nossa sugestão é chegar bem cedinho em Sorrento e aproveitar o dia para conhecer a cidade. O cenário, por si só, já justifica e compensa a visita. Suas ruas são charmosas, cercadas por lojas, restaurantes, mercadinhos, barracas e cafés, embelezadas ainda pelas pequenas casas que se espalham pelos morros e ladeiras da cidade.

Para conhecer os principais pontos turísticos, a dica é fazer um city tour que percorre o destino em um passeio que dura apenas 30 minutos. As possibilidades vão além, com os passeios de barco, bicicleta e caiaque. Há duas pequenas praias na cidade, onde moradores se reúnem para se refrescar, especialmente durante o verão.

No centro, você encontra a Piazza Tasso, principal praça da cidade. O Museu Correale também vale o passeio, com obras dos séculos 17 e 18. Entre outros pontos turísticos, a Villa Comunale, a Catedral de Sorrento e o Vallone dei Mulini (um vale histórico da cidade) são paradas obrigatórias!

Nápoles

viagem-de-carro-pela-italia-costa-italiana

Um pouquinho da beleza de Nápoles

Nossa próxima parada é Nápoles, a 48 km de distância de Sorrento – aproximadamente uma hora de viagem. Além de servir de ponte para as outras cidades, o destino conta com atrações turísticas que fazem valer a estadia.

Uma delas é o Museu Arqueológico Nacional de Nápoles, onde o acervo formado por antiguidades transporta o turista a diferentes épocas do passado. Em uma construção erguida ainda no século 17, o museu recebe diariamente pessoas interessadas na história de diferentes civilizações, como os egípcios.

O Castelo Nuovo teve suas obras concluídas em 1282 e ao longo da história da Itália foi protagonista de diversos capítulos. Hoje, é um dos pontos mais procurados pelos turistas que querem conferir de perto sua arquitetura e salões interiores, onde é possível reviver momentos importantes do passado que ajudou a construir Nápoles e a Itália como todo.

Entre as construções históricas da cidade, também merecem destaque lugares como a Villa Pignatelli, onde funciona o museu Príncipe Diego Pignatelli; o Teatro San Carlo, com seus palco e camarotes de extrema beleza; e o Palácio Real, bem como o Castelo do Ovo. Ou seja, o que não faltam são possibilidades em Nápoles!

Depois de três ou quatro dias na cidade, é possível partir rumo à nossa última parada: Capri.

Capri

Vista de cima do mar de Capri

Capri, dona de um mar azul exuberante

Para chegar a esta pequena ilha, várias embarcações saem de Nápoles ao longo do dia e há estacionamentos exclusivos para os turistas que chegam de carro. Durante o verão, outras cidades se transformam em porto para Capri, é o caso de Positano e Amalfi. Esse é um trecho muito especial da nossa viagem de carro pela Itália.

Se for possível passar de dois a três dias no destino, as chances de aproveitar suas atrações por inteiro são maiores. Isso porque há diversos lugares que devem ser visitados por quem quer realmente conhecer a ilha, que mais parece um aglomerado de formações rochosas, que se mesclam a construções modernas, e mirantes que são te presenteiam com os melhores cartões postais da região.

Nos Jardins de Augusto, por exemplo, o turista consegue avistar os famosos Faraglioni de Capri (pedras imensas sobre o mar que cerca a ilha), a Baía de Marina Piccula e as curvas da Via Krupp. O local é formado terraços floridos com quilômetros de extensão. De lá, o passeio pode seguir para o Valle della Certosa, os Montes Tuoro, Tiberio e San Michele.

O visitante não pode deixar de visitar ainda lugares como a Piazzeta de Capri, o centro badalado da ilha, com vida noturna intensa; o porto de Marina Grande, que é a porta de entrada para Capri; o Centro Histórico de Anacapri, uma das cidades da região; entre outras atrações que apenas uma programação bem completa é capaz de permitir que o viajante conheça todas as belezas do lugar.

 

Deu vontade de fazer as malas? Veja como ficou o nosso roteiro!

 

 

E então? Que tal se programar, alugar um carro e desbravar a costa italiana? A viagem de carro pela Itália é memorável e merece estar no seu plano de viagens!

 

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista vip para receber ofertas exclusivas com até 60% de Desconto!

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Nenhum comentário »

Nenhum comentário ainda sobre o post. Seja o primeiro a comentar.

Feed RSS dos comentários deste post

Deixe um comentário