03.set.2014 | Rentcars.com | Dicas

Guia: Como tirar o visto para viajar?

Se você está planejando uma viagem para o exterior, com certeza já passou por alguns passos importantes do planejamento, como pesquisas de passagens, o clima e pontos turísticos do país que vai conhecer, entre muitas outras coisas, certo? Mas o que você não deve esquecer, nem deixar para última hora, é o visto. Você sabia que existem tipos diferentes de vistos e que cada país tem uma regra diferente para fornecê-los? Confira as nossas dicas de como tirar o visto para viajar e vá com toda tranquilidade.

guia-como-tirar-o-visto-para-viajar

Para começar, você precisa entender uma coisa: nenhum país é obrigado a fornecer um visto solicitado, e a recusa não precisa ser justificada. Além disso, sempre desconfie de quem quiser fornecer caminhos mais fáceis, sem a documentação exigida para o visto, pois isso pode ser imigração ilegal, e pode levar, inclusive, à prisão. Mas temos também uma notícia boa: alguns países não exigem visto para turistas brasileiros!

Alguns deles, por exemplo, são a Alemanha, Portugal, Argentina, Chile, Reino Unido, Espanha, Itália e Suíça. Lembrando que isso vale para turismo, e que sempre existe a necessidade de passar pela alfândega nos aeroportos, onde eles carimbam o seu passaporte.

Documentos

Mesmo nos países em que não é necessário ter visto para entrar, você deve se certificar de estar portando alguns documentos essenciais. O primeiro, é claro, é o passaporte, que deve estar dentro do prazo de validade, e deve ter o vencimento para, no mínimo, 6 meses adiante da data de embarque. Nos países do Mercosul, como a Argentina e o Chile, o passaporte pode ser substituído pelo documento de identidade original, desde que em boa qualidade e com menos de 10 anos de emissão.

É importante, também, que você tenha sempre em mãos sua passagem aérea para a saída do país, ou o voucher, comprovando que sua estadia é exclusivamente para o turismo.

Passageiros menores de 18 anos devem possuir uma autorização prévia, reconhecida em cartório, assinada pelos responsáveis e nominal à quem irá acompanhá-los durante a viagem.

Para os países da Europa que pertencem ao Tratado de Schengen, ou seja, que isentam a necessidade de visto, você irá precisar comprovar uma assistência de viagem com um valor mínimo de 30 mil euros.

Lembre-se de carregar com você dinheiro, ou um cartão de viagem, que pode ser adquirido em algumas casas de câmbio, o que é necessário, inclusive, para comprovar que você tem como pagar por sua viagem e garantir seu sustento pelo período que pretende fazer turismo. Tenha com você, também, um comprovante da reserva no hotel, pois ao passar pela alfândega você será questionado sobre o motivo de sua viagem. Com essas informações em mãos, vamos passar aos países que precisam de visto para brasileiros que desejam fazer turismo.

Acordo Schengen

Para entrar nos países que fazem parte do Acordo Schengen, brasileiros que estiverem viajando para fazer turismo e forem permanecer no país por um período de, no máximo, 90 dias o visto não é necessário. São eles: Alemanha, Espanha, Portugal, Reino Unido, França, Suíça e Itália, entre outros. Mas atenção: o visto é dispensável para entrar nesses países apenas em caso de turismo, negócio, visita ou tratamento médico e caso você não tenha estado no país nos últimos 6 meses. É essencial, no entanto, que você tenha em mãos tudo que foi citado no tópico dos documentos.

Canadá

O visto para entrar no Canadá deve ser solicitado com uma antecedência mínima de seis semanas. Apesar de ter um índice de rejeição pequena, os vistos para lá exigem alguma atenção. Para começar, precisamos entender que no Canadá existem diferentes tipos de vistos para turistas:

  • Visto de uma entrada: possui duração quase sempre de até 6 meses, mas é para apenas uma viagem ao país. Este, no entanto, permite entrar no país várias vezes a partir dos Estados Unidos, desde que dentro do prazo para a permanência no país.

  • Visto múltiplas entradas: válido por até três anos.

  • Visto de trânsito de até 48 horas.

Para conseguir o visto, alguns documentos são necessários, e podem ser conferidos diretamente na Checklist de Documentos no site do Centro de Requerimento de Visto do Canadá. Além disso, ainda no site,  você pode acompanhar todos os passos necessários para conseguir o visto de entrada.

Estados Unidos

Para conseguir o visto para entrar nos Estados Unidos, o primeiro passo é preencher o formulário DS-160 de solicitação de visto, mas atenção, isso deve ser feito em inglês e a página de confirmação deve ser impressa.Em seguida, é necessário pagar a taxa de solicitação e aguardar o prazo de confirmação do pagamento para, finalmente, agendar a entrevista no Posto Consular. Em seguida, após o agendamento da entrevista, é necessário que o solicitante compareça em um dos Centros de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV), onde será feita a coleta dos dados biométricos que complementarão a solicitação. Finalmente, compareça à entrevista na embaixada ou em um dos consulados com a documentação necessária. Como citamos no início do artigo, o país não é obrigado a fornecer o visto, mas é importante que você não deixe faltar nenhum dos documentos solicitados. A documentação exigida, assim como todos os passos para o visto, podem ser conferidos aqui.

Com essas informações em mãos, basta que você escolha o seu destino e separe a documentação exigida cuidadosamente. Em seguida, faça a sua reserva de locação de veículo no país de destino, e aproveite para conhecer os pontos turísticos do país que vai visitar.

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista vip para receber ofertas exclusivas com até 60% de Desconto!

Compartilhe

Todos os esforços foram feitos para validar todas as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, bem como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Nenhum comentário »

Nenhum comentário ainda sobre o post. Seja o primeiro a comentar.

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URL

Deixe um comentário